O motivo da minha ausência.

Resumindo: É complicado.
Oi, tudo bom? Eu sou o Iago, atualmente estou apenas estudando, gastando algum tempo na internet e outras distrações. Desde a última publicação aqui no Um Livro Pela Metade houveram vários acontecimentos que tornaram difícil a minha vontade de escrever. Infelizmente escolhi um péssimo período para escrever sobre o Jacob. A história dele está completa, tudo que eu contei aqui e até o que eu não publiquei é real. O último texto, “encontros e despedidas”, foi difícil de escrever e admito que tenho esse problema, tenho a história pronta na minha cabeça mas não consigo transferir em um texto para que outras pessoas possam saber quem foi Jacob.
Compliquei-me bastante nos últimos dois meses. Perdi meu computador, como já havia comentado antes, e lá estavam todos os meus débitos, organizações e arquivos importantes que precisei, mas eu esqueci que ficaram lá. O resultado foi que eu esqueci que tinha alguns compromissos e pendências a resolver. Agora consegui resolver 60% de tudo o que estava incompleto, tenho mais algumas coisas a fazer que talvez eu não deva mais adiar, mas esses não são os únicos motivos.
Bom, decidi não escrever mais sobre o Jacob por um tempo, eu ainda não estou preparado para compartilhar isso. Uma amiga me ajudou nesta decisão e eu realmente espero que ela esteja lendo isso agora. É importante.
Mudando de assunto.
É incrível como a tecnologia evolui tão depressa, não é mesmo? Após a popularização de vlogs e outros programas na internet é bem difícil encontrar alguém que goste de ler (ou escrever em) blogs. Eu ainda gosto. Quando posso, me divirto com os vídeos de comédia na internet, mas nunca deixo de ler e pesquisar sobre variados assuntos.
E preciso comentar.
Por que algumas pessoas pensam que sabem mais que os outros se elas estão no mesmo lugar, fazendo a mesma coisa: aprendendo? E por que elas se sentem no dever de tratar as outras pessoas como se fossem nada? Essas duas perguntas eu não sei responder ainda, mas é engraçado ver todos os dias as mesmas pessoas agindo da mesma forma, sendo esnobe com quem não se destaca na multidão. Isso será assunto para outro dia.
E mudando o assunto novamente. Tenho uma amiga que odeia fazer planos, quer dizer, ela odeia a palavra ‘planos’. Ela prefere chamar de metas e eu acho isso legal. No início do ano eu fiz uma lista e nela estava tudo o que eu tinha PLANEJADO para fazer no 1º semestre e tudo que eu queria fazer no 2º semestre do ano. Conclusão, só fiz uns 40% do que eu quis fazer no 1ºsemestre . E há um mês começou o 2º semestre e agora no início de agosto mais um PLANO para o ano foi cancelado (HAHAH). Estou começando a ser adepto da filosofia de vida da minha amiga. Chega de planos.

Já escrevi muito por hoje. Bom dia, boa tarde, boa noite (madrugada). Tchau.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s